Versão Beta. Clique aqui para deixar as suas sugestões.

No ensino superior público:

- Cursos técnicos superiores profissionais (CTesP), licenciatura (1º ciclo) e Mestrados integrados: o valor da propina é fixado, de acordo com a lei. A título indicativo, para o ano letivo de 2017-2018, esse valor máximo foi de 1 068,47€.

- Restantes Mestrados (2º ciclo) e Doutoramentos (3º ciclo): o valor da propina é fixado por cada instituição de ensino superior.

- Estudantes internacionais: o valor da propina é fixado por cada instituição de ensino superior.

No ensino superior privado: as instituições de ensino superior fixam o montante das propinas e demais encargos devidos pelos estudantes.

 

 

 

Está no sítio certo

Pronto para se inspirar?

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência como utilizador.

Loading_